IPREVIVER

"...doravante serás pescador de homem."
Lucas 5:10

Fechando as Brechas

"Nesse meio tempo fomos reconstruindo o muro, até que em toda a sua extensão chegamos à metade da sua altura, pois o povo estava totalmente dedicado ao trabalho. Quando, porém, Sambalate, Tobias, os árabes, os amonitas e os homens de Asdode souberam que os reparos nos muros de Jerusalém tinham avançado e que as brechas estavam sendo fechadas, ficaram furiosos. Todos juntos planejaram atacar Jerusalém e causar confusão. Mas nós oramos ao nosso Deus e colocamos guardas de dia e de noite para proteger-nos deles". Ne 4.6-9

A nação de Israel havia se afastado de Deus e se voltado para a idolatria. Depois de inúmeras advertências dos profetas, Jerusalém foi invadida e destruída, e o povo foi levado cativo para a Babilônia. O cativeiro durou 70 anos, como fora profetizado por Jeremias. No ano 538 A.C., Ciro, rei da Pérsia, permitiu ao povo regressar e iniciar a reconstrução do templo.

O livro de Esdras trata basicamente da reconstrução do templo. O de Neemias trata da reconstrução dos muros e portas da cidade. Nesses livros, as palavras mais citadas são: edificar, reedificar, restaurar.

Neemias significa “aquele a quem Jeová conforta”. Ele tipifica o Espírito Santo, intercedendo por nós e nos dirigindo para que a obra divina na nossa vida seja completada. Quando Neemias soube do estado de Jerusalém, buscou ajuda do Senhor em oração. Por quê? Porque Jerusalém era o lugar onde ficava o templo de adoração ao Senhor, a morada do grande Deus. O nome do Senhor estava nela. E o estado daquela cidade era motivo de vergonha.  Somos como Jerusalém: templos do Senhor – e o templo já estava reconstruído – , lugar de sua habitação – carregamos o seu nome. O Pai deseja a nossa restauração e libertação, individualmente e como igreja. Entretanto, uma cidade sem muros está sujeita à invasão do inimigo; está sem controle. Antes de qualquer ação no interior da cidade, os muros precisavam ser fechados.

Espiritualmente falando, reconstruir os muros significa fechar as brechas que dão aos espíritos malignos base legal para atuar em nossa vida. A reconstrução é muitas vezes chamada de libertação. Segundo o Pr. Coty, “a libertação tem por finalidade zerar todo o crédito de injustiça acumulado pessoalmente e por herança. É o processo de emudecer qualquer acusação ou perseguição satânica, viabilizando uma atmosfera espiritual fértil”. E a estratégia para isso engloba arrependimento e confissão de pecados, não só nossos, mas também de nossos pais, e a aplicação eficaz do sangue de Jesus. O tratamento envolve as chamadas quebras de maldições. Sua essência é a santificação. Glória a Deus que todas as brechas existentes em nossa vida podem ser fechadas pelo sangue de Jesus.

O texto de Neemias 4 mostra que algo precisa acompanhar a reconstrução dos muros. Os inimigos ficaram furiosos quando souberam que os reparos estavam avançando e as brechas estavam sendo fechadas. Planejaram atacar a cidade e causar confusão. Então os israelitas tomaram duas atitudes:

a)  Colocaram guardas para proteção de dia e de noite: Devemos vigiar. A Bíblia faz, por várias vezes, advertências para que estejamos vigiando. Jesus, no Getsêmani, disse aos discípulos: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca, Mc 14.38. Pedro nos alerta quanto aos ataques do Diabo: Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar, 1 Pe 5.8. Não devemos temer nosso adversário, mas sim ignorar suas intenções e armadilhas, 2 Co 2.11.

b)  Oraram a Deus:Além de colocar guardas em vigília ininterrupta, os israelitas não abriram mão do clamor ao Senhor. Eles tinham a convicção de que sem a intervenção do Altíssimo aquela obra não seria concluída. Por isso, eles oraram incessantemente.

O Senhor deseja que todas as brechas que possam existir em nossa vida sejam completamente fechadas, em nome de Jesus.

 

Extraído do livro “21 Dias de Clamor pela Terra” de autoria do Pr. Magid Saab.
Todos os direitos reservados à Igreja Batista Central de Belo Horizonte.

<< voltar

Igreja Presbiteriana Reviver Londrina
Rua Fulgêncio Ferreira Neves, 263
CEP: 86076-010
Londrina PR
© Todos os direitos reservados.

contato@ipreviver.com.br
(43) 9959-2524

"Os Teus olhos me viram a substância ainda informe e no Teu Livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escritos e determinados, quando nenhum deles ainda haviam". Salmos 139:16

VOCÊ NÃO É UMA OBRA DO ACASO!

Aryontec